Anderson Conceição diz que Vasco precisa se reinventar no Brasileiro

Em busca da recuperação no Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama entra em campo na próxima quinta-feira (28/07) para encarar o CRB (AL) em São Januário. Quase 20 mil ingressos já foram emitidos e a expectativa é de casa cheia para o duelo que pode marcar o reencontro cruzmaltino com o caminho das vitórias.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

Diante da equipe alagoana, o Gigante da Colina contará com o retorno do zagueiro Anderson Conceição, que cumpriu suspensão automática contra o Vila Nova (GO), na rodada passada. Nesta terça-feira (26), em entrevista coletiva, o capitão avaliou o momento vivido pelo time vascaíno na competição.

– A gente mudou um pouco nosso estilo de jogo, começamos a jogar mais, ter mais a bola, os adversários começaram a nos estudar mais também, e acabamos tendo dificuldades. Temos que nos reinventar, fizemos um primeiro turno muito forte, temos que voltar a jogar coletivamente para voltar a vencer – disse o camisa 4, acrescentando na sequência.

– Com certeza essa solidez defensiva é nossa identidade, a defesa está sempre bem postada, estamos nos cobrando muito por ter tomados esses gols. Procurar acertar mais, se organizar nos jogos e quando tiver oportunidade fazer os gols. O Emílio tem passado muitas coisas já, voltar a trabalhar bastante, se comunicar mais nos jogos – complementou o experiente defensor.

Em virtude da saída de Maurício Souza, o Vasco da Gama será dirigido contra o CRB (AL) pelo auxiliar técnico Emílio Faro. Com ele no comando, de forma interina, o time vascaíno levou a melhor sobre Náutico e Cruzeiro. O profissional conta com a confiança no grupo.

– O Emílio está aqui desde a montagem do elenco, conhece cada peça que está aqui, um cara muito inteligente. Vai saber a melhor maneira para o time voltar ao caminho, ele entende muito de futebol, fala muito bem. Que a gente possa conseguir a vitória na quinta e no domingo – afirmou Anderson Conceição.

Fonte: vasco.com.br/anderson-conceicao-diz-que-vasco-precisa-se-reinventar-no-brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.