Consórcio volta a vetar faixas institucionais do Vasco no Maracanã; veja nota do clube

Consórcio volta a vetar faixas institucionais do Vasco no Maracanã; veja nota do clube

SIGA-NOS

Consórcio volta a vetar faixas institucionais do Vasco no Maracanã; veja nota do clube Sábado, 02/07/2022 – 15:16 O consórcio do Maracanã voltou a proibir o Vasco de exibir faixas institucionais na partida deste domingo, contra o Sport, pela 16ª rodada da Série B do Brasileirão. Isso já havia acontecido na última vez que o clube alugou o estádio, na vitória sobre o Cruzeiro, três semanas atrás.

Em contato com o ge, o Vasco lamentou o veto do consórcio comandado pela dupla Flamengo e Fluminense e disse “parecer censura” – veja a posição completa do clube no fim da matéria.

Na última quinta-feira, ainda antes da decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro em segunda instância que obrigou o consórcio a liberar o Maracanã, o Vasco assinou o contrato e transferiu os R$ 380 mil referentes ao aluguel e taxas de despesa. Na sexta, enviou um ofício solicitando a autorização para ações de marketing na partida.

Entre elas, estavam a exibição de três faixas: “Desde 1898 o legítimo club do povo”, “Club de Regatas Vasco da Gama” e ” Respeito, Igualdade, Inclusão”. Elas ficariam na mureta do setor leste, de frente para as cabines de transmissão. Esse pedido foi negado em resposta enviada pelo consórcio neste sábado.

Essas são as mesmas faixas que o Vasco ficou proibido de exibir na vitória sobre o Cruzeiro, na última vez que alugou o Maracanã. As outras solicitações, como uma cabine para transmissão da Vasco TV e veiculação das imagens do clube no telão do estádio, foram aceitas.

Torcida prepara provocações

Diante do litígio do Vasco com o consórcio do Maracanã, a torcida cruz-maltina prepara algumas provocações para o jogo deste domingo, contra o Sport. Alguns torcedores, por exemplo, mandaram confeccionar adesivos com os dizeres: “Dono não é síndico”, “São Januário é meu, Maraca é nosso e 87 é do Sport” e “O Maraca é nosso botequim”.

Contra o Cruzeiro, milhares de torcedores ergueram faixas e placas com as palavras “respeito, igualdade e inclusão” em evidente resposta ao veto do consórcio.

Confira a resposta do Vasco sobre o veto do consórcio:

“O Club de Regatas Vasco da Gama lamenta que o consórcio Maracanã, mais uma vez, venha não autorizar o conteúdo de mensagens do Vasco que seriam exibidas na mureta do setor leste inferior, em local frontal às câmeras de tv, que é regularmente utilizado para comunicação institucional dos clubes mandantes.

A mensagem vetada para o jogo CR Vasco da Gama x Sport Clube do Recife é a seguinte:

‘Desde 1898 o legítimo club do povo’ / ‘Club de Regatas Vasco da Gama’ / ‘Respeito, Igualdade, Inclusão’.

É surpreendente que em pleno século XXI um permissionário de bem público atue de uma forma restritiva, que faz parecer censura. Como sempre, a torcida do Vasco da Gama se encarregará de levar nossos valores e ideais para o estádio”.

Faixa exibida pelo Vasco na partida contra o Londrina, no Estádio do Café

Fonte: ge

Compartilhe

Curtir isso:

Curtir Carregando…

Relacionado

Fonte: vasconet.com.br/2022/07/02/consorcio-volta-a-vetar-faixas-institucionais-do-vasco-no-maracana-veja-nota-do-clube

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.