Sub-17 vence o Palmeiras em São Januário, mas acaba superado no agregado na final da Copa do Brasil

Sub-17 vence o Palmeiras em São Januário, mas acaba superado no agregado na final da Copa do Brasil

Não faltou luta, tampouco futebol, porém não foi na manhã deste domingo (26/06) que o Vasco da Gama conquistou pela segunda vez o título da Copa do Brasil sub-17. Jogando em São Januário, onde recebeu o apoio de sua apaixonada torcida, o Gigante da Colina até venceu o Palmeiras por 4 a 2, mas acabou não ficando com a taça em virtude do resultado do primeiro jogo, que terminou com triunfo palmeirense por 4 a 1 no Allianz Parque, na semana passada.

De cabeça erguida e com a certeza de que o trabalho está no caminho certo, os Meninos da Colina agora voltam suas atenções para a decisão do Copa Rio. No próximo dia 02 de julho, no Estádio das Laranjeiras, o Cruzmaltino encara o Fluminense pelo jogo de ida da grande final. Vale lembrar que a equipe de São Januário está invicta e possui a melhor campanha do torneio estadual.

O JOGO

Em desvantagem no placar agregado, o Gigante da Colina foi pra cima do Palmeiras nos primeiros momentos da partida. Logo aos dois minutos, André arriscou de fora da área e a bola tirou tinta da meta alviverde. Mais presente no ataque, o Vasco abriu o placar pouco tempo depois, aos oito. Na ocasião, JP fez um lindo lançamento e André tocou na saída do goleiro para abrir o placar : VASCO 1 x 0.

imagem26-06-2022-16-06-29
imagem26-06-2022-16-06-29

Foto: Matheus Lima/Vasco.com.br

O gol vascaíno serviu para acordar o Palmeiras, que quase igualou o marcador na sequência, em arremate de Figueiredo que foi defendido de maneira espetacular por Lecce. O Almirante seguiu criando chances e só não ampliou o placar na etapa inicial por conta do goleiro palmeirense César. Com 24, o camisa 1 rival se jogou na frente de Rayan para salvar o o time alviverde. Onze minutos depois, aos 35, César voltou a aparecer, novamente para impedir Rayan de balançar as redes.

Com alterações, o Palmeiras retornou do intervalo pressionando a saída de bola e dando trabalho para o goleiro Lecce. Foi o Vasco, porém, que primeiro balançou as redes. Com 10 minutos, Lyncoln fez um bom cruzamento na direção de Rayan. O camisa 10 deixou para trás dois defensores do Palmeiras e toque por cima do goleiro Cesar para ampliar: VASCO 2 x 0. A resposta do time alviverde foi imediata. Aos 12, Endrick tabelou com Thalys e diminuiu: Palmeiras 1 x 2.

imagem26-06-2022-16-06-29
imagem26-06-2022-16-06-29

Foto: Matheus Lima/Vasco.com.br

O tento do Palmeiras não desmotivou os Meninos da Colina, muito pelo contrário. Com 24 minutos, Gustavinho escapou pela direita e cruzou na direção da pequena área. Antes de um atleta vascaíno aparecer, Gabriel Vareta desviou contra o próprio gol, mudando outra vez o placar: VASCO 3 x 1. O clássico nacional seguiu movimentado, com boas chances para ambos os lados. Aos 36 minutos, as redes da Colina Histórica voltaram a balançar, novamente após finalização de Endrick, dessa vez em cobrança de falta: Palmeiras 2 x 3.

Os jogadores vascaínos não desistiram, muito pelo contrário, seguiram lutando até o fim em busca do resultado. Quando o cronômetro marcava 42 minutos, o atacante Lipão, destaque da equipe sub-15, pegou rebote de uma finalização de Lyncon no travessão e marcou outro gol para o Cruzmaltino: VASCO 4 x 2. O placar final, porém, não foi suficiente para a conquista do título.

Escalação do Vasco: Lecce, Gustavinho (Lipão), Lyncon, Luis Felipe (Igor) e Leandrinho; Matheus (Guga Maia), JP (Gabriel Sá), Kauan (Renan), André (Avelar), GB e Rayan. Treinador: Gustavo Almeida.

imagem26-06-2022-16-06-31
imagem26-06-2022-16-06-31

Foto: Matheus Lima/Vasco.com.br

 

Foto: Matheus Lima/Vasco.com.br

Fonte: vasco.com.br/sub-17-vence-o-palmeiras-em-sao-januario-mas-acaba-superado-no-agregado-na-final-da-copa-do-brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.