Gabriel Pec reconhece evolução, mas prega cautela: “Não tem jogo fácil”

Gabriel Pec reconhece evolução, mas prega cautela: “Não tem jogo fácil”

O elenco do Vasco da Gama se reapresentou nesta segunda-feira (30/05), no CT Moacyr Barbosa, visando o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro. O Gigante terá pela frente o Grêmio, em São Januário, nesta quinta-feira (02/06). Peça importante para o Cruzmaltino na temporada, o atacante Gabriel Pec concedeu entrevista coletiva e pregou cautela para seguir crescendo na competição.

– Acho que temos que encarar todos os jogos com maior compromisso. Na Série B não tem jogo fácil. Contra Bahia e Brusque, entramos com sangue nos olhos. E contra o Grêmio será do mesmo jeito para sairmos de São Januário com os três pontos. Nosso grupo está bem fechado, a gente trabalha bastante. O Grêmio é um clube com uma camisa muito grande como o Vasco. É um jogo de seis pontos. Queremos vencer como foi contra o Bahia. Mas temos que manter os pés no chão – afirmou.

imagem30-05-2022-22-05-50
imagem30-05-2022-22-05-50

Foto: Daniel Ramalho/Vasco.com.br

No Vasco desde os oito anos de idade, Gabriel Pec revelou que ainda vive o processo de ver a ficha cair a cada momento vivido com a camisa do Vasco.

– Sempre tive esse sonho de jogar no profissional do Vasco. No jogo contra o Bahia, olhei para o Figueiredo e falei: “Olha isso, mano. Olha o que estamos vivendo”. É um sonho nosso, sempre trabalhamos para isso, e agora temos que desfrutar – concluiu.

O Vasco ocupa a segunda posição na tabela do Campeonato Brasileiro. São 17 pontos somados até aqui, cinco pontos a menos que o líder Cruzeiro. Para seguir na briga pelo topo, a equipe comandada pelo técnico Zé Ricardo recebe o Grêmio nesta quinta-feira (02/06), no gramado de São Januário, às 20 horas.

Confira mais trechos da entrevista de Gabriel Pec:

– Pressão diminuiu?

“Nossa torcida sempre demonstra uma força muito grande. Graças a Deus está tudo dando certo. Estamos entrando mais confiantes nas partidas. Nosso grupo está bem fechado, estamos mais confiantes em campo”

– 100 jogos no profissional

“Fico muito feliz por isso. É uma vitória pessoal para mim. Sempre trabalhei para isso. Cheguei aos 8 anos no Vasco e já fiz mais de 100 por esse clube gigante. Nunca deixei de acreditar. Sempre trabalhei bastante. E graças a Deus estou colhendo os frutos”

– Evolução física

“Realmente evolui na questão física. Termino os 90 minutos e, se precisar, posso jogar mais 45 minutos ou até 90 minutos. Graças a Deus a capacidade física está muito boa, com o trabalho que vem sendo feito aqui, com academia, preparação física, nutrição. Estou evoluindo muito nisso. O jogo pode ser decidido no final do jogo e é importante ter gás até o fim”

Fonte: vasco.com.br/gabriel-pec-reconhece-evolucao-mas-prega-cautela-nao-tem-jogo-facil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.