VASCO TEM RETROSPECTO DE TIME REBAIXADO, VEJA NÚMEROS

VASCO TEM RETROSPECTO DE TIME REBAIXADO, VEJA NÚMEROS

A limitação do elenco do Vasco é notória, mas vem chamando a atenção, ao longo do Brasileiro, a fragilidade emocional do time. Em momentos distintos, com treinadores diferentes, a equipe teve atuações apáticas e foi goleada.

Com o 3 a 0 para o Fortaleza, já são sete derrotas com diferença de três ou mais gols no Campeonato Brasileiro. Em comum, o descontrole emocional após sofrer o primeiro gol. Em todas elas o time se desestabilizou, deixou o adversário tomar controle do jogo e não esboçou qualquer reação.

– Começamos bem o jogo, apertamos eles, tivemos uma bola na trave. Depois do gol, houve um descontrole. Não conseguimos fazer o que treinamos. Não fizemos o que traçamos para o jogo. É lamentar e vida que segue – analisou Luxemburgo, após a derrota do Fortaleza.

Das sete goleadas sofridas, apenas na derrota por 4 a 1 para o Atlético-MG, ainda sob o comando de Ramon Menezes, o Vasco saiu na frente. Ainda assim, logo sofreu o empate e levou quatro gols antes do intervalo.

Poder de reação, aliás, tem sido algo praticamente nulo na campanha do Vasco no Brasileirão. Em 35 rodadas, o time não conseguiu sequer uma virada na competição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *